Fale conosco

Fale conosco

NUTRIÇÃO ESPORTIVA É PARA TODOS

“Você é o que você come”, isso todo mundo já sabe.  A boa alimentação é a base para ter corpo e mente saudáveis. Ela influencia nosso humor, nossa energia e bem-estar. O bom funcionamento e rendimento do nosso corpo depende, em grande parte, da qualidade dos alimentos que consumimos. De bom rendimento e desempenho físico é o que trata a NUTRIÇÃO ESPORTIVA.

A nutrição esportiva é para TODOS NÓS, não só para os atletas profissionais. Não importa a modalidade ou a intensidade do esporte praticado, qualquer um pode se beneficiar com os conhecimentos nesta área, a fim de obter um melhor desempenho e potencializar seus objetivos, tais como perda de peso, diminuição do colesterol e melhora da performance. Tendo como consequência uma vida mais saudável e prazerosa.

Segundo, ANDRÉ PELLEGRINI, paulistano e nutricionista esportivo há 21 anos, o grande desafio é colocar em prática as descobertas da ciência. Afinal, cada indivíduo é único e quando tratamos de seres humanos, as exceções sempre fogem às regras.  Na sua visão, a nutrição esportiva está em alguns detalhes que muitas vezes praticamos, baseado em nosso senso comum. Por exemplo, o fato de fazer uma refeição mais leve para treinar já é praticar um dos fundamentos básicos da nutrição esportiva. Essa simples atitude nos ajuda a ter um melhor desempenho durante o treino.

De acordo com Pellegrini, a nutrição se preocupa com o indivíduo em qualquer fase da sua vida, e quando se inicia uma rotina de exercícios, o nutricionista pode ajudar muito na medida em que indicará os melhores alimentos para treinar com qualidade, e atingir o objetivo de cada indivíduo.

Confira algumas DICAS do André Pellegrini para quem treina ou quer começar a treinar:

O QUE COMER NO PRÉ E PÓS TREINO?

  • Para treinos não muito longos, o pré e pós treino são os momentos mais importantes para a ingestão de CARBOIDRATOS, pois contribuem para o fornecimento de energia e recuperação muscular.

QUEM TEM MEDO DE CARBOIDRATOS?

  • Pare de se preocupar com a organização molecular dos carboidratos. Aquele papo de carboidratos complexos ou simples não interessa muito. Sabe o porquê?
    • O importante é adequar o índice glicêmico a cada momento do treino e do dia a dia do atleta. O índice glicêmico está relacionado ao comportamento da molécula de carboidrato em nosso corpo, e não em sua composição estrutural.
    • Baixo índice glicêmico (digestão e absorção mais lentas) é favorável ao pré-treino.
    • Alto índice glicêmico (digestão e absorção mais aceleradas) é favorável ao treino e ao pós treino

QUEM QUER MASSA MUSCULAR, LEVANTA A MÃO!

  • Se o treino e seu descanso forem bem programados pelo educador físico, com o foco em hipertrofia, a nutrição esportiva entrará com o aporte calórico e maior quantidade de carboidratos, o que favorecerá o ganho de massa muscular.

DICA DE OURO DO PELLEGRINI

  • Nunca erre na alimentação no pré treino, durante o treino e no pós treino. Tenha sempre a mão um alimento correto para garantir a continuidade do treino e sua melhor recuperação.

ANDRÉ PELLEGRINI – Nutricionista Esportivo

www.andrepellegrini.com.br

E-mail: andre@andrepellegrini.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/andre.pellegrini.nutri/